Tech, toy, tool: pense, produza, prospere. Oferecemos insights práticos e valiosos para empresários, profissionais e entusiastas da IA, capacitando-os a maximizar o potencial desta tecnologia revolucionária.

SGE A Nova IA Generativa do Google na Busca

Compartilhe:

Autora:

SGE-A-Nova-IA-Generativa-do-Google-na-Busca
Imagem criada por @nandagomesai com o DALLE3 (DALLE3/Reprodução)
Continua após a publicidade..

Recentemente, fui testemunha de um avanço que promete redefinir nossa interação com o mundo digital. O Google, sempre na vanguarda da inovação tecnológica, anunciou um recurso que marca um novo capítulo na história da tecnologia de busca: a implementação da inteligência artificial generativa na Busca. Esta novidade, que se destaca por suas capacidades únicas em relação ao já conhecido Bard, abre novas portas para como acessarmos e compreendermos informações online.

Este artigo se debruçará sobre essa revolução, explorando como a inteligência artificial generativa está agora integrada na Busca do Google, permitindo que os usuários desfrutem de um novo patamar de pesquisa. Com a capacidade de gerar resumos em detalhes sobre as consultas realizadas, essa inovação promete entregar uma experiência de pesquisa não apenas mais rica, mas também infinitamente mais eficiente.

Conteúdo

Continua após a publicidade..

Como a IA Generativa Está Mudando a Pesquisa Online

O funcionamento da nova IA generativa na Busca do Google é um exemplo claro de como a inteligência artificial pode ser aplicada para melhorar a eficiência e a relevância dos resultados de pesquisa. Quando um usuário faz uma pergunta, como “como ingressar em um curso de Culinária?”, a IA generativa entra em ação.

Ela não apenas resume o processo de seleção de cursos, mas também fornece links úteis e propõe questões relacionadas para explorar mais o tema. Essa abordagem inovadora permite que os usuários obtenham uma compreensão mais abrangente e detalhada dos tópicos pesquisados, tudo isso de maneira rápida e intuitiva.

Leia também: IA e Natal: O Álbum de Marta, a Estrela do Futebol Brasileiro, Ressuscitado pela Tecnologia

Explorando a IA Generativa com o Search Labs

O acesso à IA generativa na Busca do Google é possível através do Search Labs, uma iniciativa inovadora que permite aos usuários experimentar e contribuir para o desenvolvimento de novas tecnologias de pesquisa.

O Search Labs disponibiliza uma plataforma única que permite a entusiastas de tecnologia e usuários comuns testarem recursos experimentais, como a IA generativa, antes do lançamento oficial.

Este programa não apenas fornece uma visão antecipada das inovações do Google, mas também permite que os usuários desempenhem um papel ativo no aprimoramento dessas tecnologias. Importante dar feedbacks que serão utilizados para otimizar as respostas e a funcionalidade da IA no futuro.

“Desenvolvemos várias proteções integradas contra informações que possam ser prejudiciais ou enganosas, mas, claro, ainda é um experimento”, explica Bruno Pôssas, VP Global de Engenharia da Busca. “O feedback dos usuários será utilizado ativamente na melhoria da experiência e dos modelos”.

Salvaguardas e Responsabilidade no Uso da IA na Busca

No desenvolvimento da Experiência de Pesquisa Generativa (SGE), o Google prioriza a segurança e a confiabilidade. Bruno Pôssas, VP Global de Engenharia da Busca, esclarece que a equipe integrou várias proteções. Isso visa prevenir a disseminação de conteúdo prejudicial ou enganoso.

É importante ressaltar que, sendo um experimento, a SGE continua em fase de aprimoramento e depende crucialmente do feedback dos usuários. Isso significa que algumas consultas, especialmente aquelas relacionadas a temas sensíveis como saúde ou questões de cunho sexual, não resultarão em resumos gerados pela IA. O Google enfatiza a transparência sobre essas limitações, crucial para uma experiência segura e confiável dos usuários, enquanto a tecnologia evolui.

Veja mais: Gemini a Inteligência Artificial do Google

Entendendo a SGE: Diferenças e Propósitos

A Experiência de Pesquisa Generativa (SGE) do Google, embora possa parecer semelhante ao Bard em uma primeira análise, possui características e propósitos distintos.

O Bard é uma IA generativa voltada para conversas. Já a SGE brilha como ferramenta na seção de Busca do Google. Baseada em uma variedade de modelos de linguagem avançados, como MUM e PaLM 2, a SGE oferece um espectro mais amplo de funcionalidades.

Ela é projetada não só para gerar resumos informativos sobre tópicos pesquisados, mas também para permitir um modo conversacional durante a pesquisa, onde os usuários podem obter respostas instantâneas e links relevantes, além de sugestões para aprofundar o conhecimento sobre o tema.

Utilidades e Ativação da SGE do Google

A Experiência de Pesquisa Generativa (SGE) do Google redefine a busca online com suas inovações. Ela introduz funcionalidades que transformam a interação com a informação:

  1. Resumos Gerados por IA: A SGE proporciona um panorama detalhado do tema buscado. Isso facilita encontrar dados chave, simplificando a pesquisa com resumos informativos.
  2. Modo Conversacional: Esta característica da SGE torna a pesquisa uma experiência dinâmica. As respostas da IA, juntamente com links diversificados, tornam o aprendizado mais envolvente e interativo.
  3. Perguntas Prontas e Destaques: A SGE enriquece a pesquisa ao evidenciar fontes importantes e sugerir novas perguntas. Isso incentiva uma exploração mais profunda do assunto, ampliando o conhecimento do usuário.

Essas funcionalidades não apenas elevam a SGE, mas também sinalizam um avanço significativo em como acessamos e interagimos com informações online, promovendo uma jornada de descoberta mais rica e personalizada.

Como Ativar a SGE

Para acessar essas funcionalidades inovadoras, os usuários podem ativar a SGE do Google de duas formas simples:

Buscando o ícone do tubo de ensaio no desktop Chrome ou no app do Google.

Visitando labs.google.com/search e seguindo as instruções fornecidas.

A experiência de IA generativa e o Search Labs já estão disponíveis no Chrome para desktop. Em breve, o acesso será habilitado no Google app para Android e iOS, garantindo uma ampla acessibilidade a esta tecnologia revolucionária.

SGE do Google vs. Outras IA: Entendendo as Diferenças

Ao comparar a Experiência de Pesquisa Generativa (SGE) do Google com outras tecnologias de IA no mercado, torna-se evidente que cada uma possui seu conjunto único de funcionalidades e aplicações.

Enquanto ferramentas como ChatGPT, Siri e Alexa são conhecidas por suas capacidades conversacionais e assistência pessoal, a SGE se destaca pela sua integração direta com a busca online.

Diferentemente de um chatbot ou assistente virtual, a SGE foca em aprimorar e enriquecer a experiência de pesquisa, oferecendo resumos abrangentes e insights diretos nos resultados da busca.

Essa distinção coloca a SGE em uma categoria própria, destacando-se como uma ferramenta focada na otimização e na precisão das informações pesquisadas, ao invés de simplesmente responder a comandos ou perguntas.

Desafios e Limitações Atuais da SGE

A introdução da Experiência de Pesquisa Generativa (SGE) pelo Google, embora represente um avanço significativo, não está isenta de desafios e limitações. No cerne desses desafios está a questão da precisão e da confiabilidade das informações geradas pela IA.

Dada a complexidade e a nuance da linguagem humana, garantir que a SGE forneça respostas precisas e pertinentes é uma tarefa contínua e desafiadora. Além disso, a sensibilidade em relação a temas como saúde e questões de cunho sexual exige uma abordagem cuidadosa para evitar a propagação de informações prejudiciais ou enganosas.

O feedback dos usuários se torna essencial nesse contexto, por ajudar a identificar áreas de melhoria e a refinar a tecnologia. O Google, reconhecendo esses desafios, está empenhado em desenvolver salvaguardas robustas e mecanismos de aprimoramento contínuo, visando estabelecer a SGE como uma ferramenta confiável e essencial para a pesquisa online.

Você pode gostar: Cristo, Sabedoria e IA: Liderança Visionária para 2024

Conclusão

A chegada da Experiência de Pesquisa Generativa (SGE) do Google representa um momento crucial na evolução da busca de informações.

Este avanço coloca a SGE à frente no mercado de IA, trazendo desafios e chances para especialistas em SEO e marketing digital. O Google tem em vista aprimorar essa tecnologia, valorizando o feedback dos usuários. A SGE destaca-se ao simplificar buscas e aprofundar tópicos, mudando nossa interação com a internet. À medida que evolui, a SGE promete reformular a pesquisa online, facilitando o acesso e entendimento das informações no digital.

Compartilhe suas experiências! Como você vê a integração da IA em suas buscas online? Comente abaixo suas impressões e descobertas ao utilizar tecnologias como a SGE do Google.

Portal de insights:

Revista Exame

Picture of Nanda Gomes AI
Nanda Gomes AI
Empreendedora no Mercado Digital. Formada em Marketing, pós-graduada em Gastronomia Funcional e Longevidade, Engenharia de Prompt e cursando MBA em Inteligência Artificial para Negócios pela Faculdade Exame.
Gostou do conteúdo? Enriqueça sua rede: compartilhe este conhecimento!
Clique nos ícones abaixo e faça a diferença na comunidade: